• Vestibular: por dentro desse funil

    Todos os anos é a mesma coisa, milhares de estudantes procurando formas de vencer o vestibular e entrar numa faculdade. Mas o vestibular é mesmo esse bicho-papão como muitos consideram? Existem “macetes” que facilitam a entrada do vestibulando no curso superior?

    Para começo de conversa é preciso esclarecer alguns pontos: Primeiro, há quem acredite que as etapas da educação comecem pela Educação Infantil, passe pelo Ensino Fundamental, depois Ensino Médio, Cursinho Pré-vestibular e finalmente o Curso Superior, ledo engano, o Pré-vestibular só está aí porque em muitos casos a educação básica não foi bem feita e o aluno não se sente seguro o suficiente ou não está de fato preparado para enfrentar o tão temido vestibular, então o jeito é pagar um cursinho, mas, não espere um milagre se a base do aluno não for boa o cursinho não resolverá esse problema crônico, ou você acha que todos do cursinho conseguem aprovação?  Segundo, tem estudante que só se dedica realmente para o vestibular quando está no último ano do Ensino Médio, este está fadado ao fracasso, afinal, o vestibular exige conhecimentos de toda uma vida educacional não apenas conteúdos do Terceiro ano e ainda tem os vestibulares seriados como é o caso da UEPA (Universidade do Estado do Pará), o PRISE (Programa de Ingresso Seriado) realiza uma prova para cada série do Ensino Médio.

    O Programa de Ingresso Seriado (PRISE) da UEPA merece uma atenção especial, pois pode ser a maneira mais simples do estudante entrar no Ensino Superior, vamos entender, a UEPA tem dois processos seletivos o PRISE e o PROSEL, no primeiro, seriado, concorrem os estudantes que estão regularmente matriculados no Ensino Médio e se inscreveram desde a Primeira Série no PRISE, já no PROSEL concorrem todos que já terminaram o Ensino Médio, aqueles que não se inscreveram no PRISE, todos aqueles que não passaram em anos anteriores, etc. Para exemplificar bem a diferença quanto ao grau de dificuldade entre esses dois processos seletivos peguemos a demanda do último ano, nesse caso o curso mais concorrido no campus de Marabá foi BIOMEDICINA, como UEPA divide as vagas ao meio, metade para o PRISE e metade para o PROSEL, ficou assim a concorrência:
    BIOMEDICINA (UEPA) - MARABÁ
    PROSEL
    PRISE
    CANDIDATOS
    VAGAS
    CAND./VAGAS
    CANDIDATOS
    VAGAS
    CAND./VAGAS
    716
    10
    76,10
    51
    10
    5,10

    Para este ano a novidade na UEPA de Marabá fica por conta da inclusão de cursos na área de saúde, entre eles o tão sonhado curso de Medicina. As inscrições e o vestibular ocorrem esse ano e os aprovados começarão a estudar em agosto de 2013.

    Marabá está aos poucos se tornando um verdadeiro polo universitário, a UFPA (Universidade Federal do Pará) tem um leque de cursos que vão das Licenciaturas (Formação de Professores) ao Bacharelado e Engenharias, seu vestibular é feito nos moldes já conhecidos, no final do Ensino Médio e o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é usado como primeira etapa, portanto só faz vestibular na UFPA quem tiver feito o ENEM, só para constar, as inscrições para o ENEM 2012 vão de 28/05 a 15 de Junho de 2012. Alunos de escolas públicas não pagam a taxa de inscrição que é de 35 Reais.

    Além das Universidades públicas Marabá conta também com várias particulares, inclusive com bons cursos, para quem pode dispor de valores que variam de 300 a 1.000 Reais essa pode ser uma boa opção, é bom lembrar de que o que faz a diferença numa faculdade não é o fato dela ser pública ou privada e sim a seriedade por parte da instituição e principalmente do estudante.

    Seja qual for sua escolha, ela vai requerer determinação, esforço e muito estudo, o funil do vestibular existe porque infelizmente não há vaga para todo mundo, o governo brasileiro não pode “bancar”, assim, muita gente boa acaba não cursando nível superior, aqueles que determinam seu foco mais cedo e se organizam para conseguir o que querem levam vantagem, e você, já sabe o que quer e como conseguir?
  • Outras postagens que podem ser do seu interesse

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Deixe seu comentário