• Quanto valem a Educação e a Leitura no Brasil?


    O craque  do Flamengo Ronaldinho Gaúcho foi à Academia Brasileira de Letras, na segunda-feira (11), para uma homenagem ao escritor flamenguista José Lins do Rego.
    Até aí, tudo bem. O problema apareceu quando o atacante recebeu a medalha Machado de Assis, a máxima honraria da ABL. Para completar, o jogador disse que não tinha um livro preferido e ainda pediria aos imortais dicas de leitura. (uol.com.br)
    A situação nos remete a questionar a importância dada no Brasil à educação e a leitura, há uma notória inversão de valores, o jogador Ronaldinho Gaúcho está no topo da sua profissão e recebe por mês, jogando futebol, o que nosso mais brilhante intelectual jamais receberia em uma década, mais de um milhão de reais, fora os extras.

    No geral, jogador de futebol sem ler um livro sequer (em anos) ganha mais do que nossos professores que além de ler bastante ainda ensinam em turmas cada vez mais superlotadas. Só para exemplificar os salários de um time da 3ª divisão do futebol brasileiro vão de 2 à 20 mil reais (mensais), o teto salarial do professor, se aprovado pelo congresso, será de R$ 1.187,14.


    E assim o Brasil segue rico, em corrupção, desigualdade social, sem saneamento básico, SEM EDUCAÇÃO.


  • Outras postagens que podem ser do seu interesse

    Um comentário:

    1. POLÊMICO O TEXTO, E PURA REALIDADE,POIS TENHO ESSE MESMO EXEMPLO DENTRO DE CASA...MINHA ESPOSA SE ENCAIXA NO MENOS FAVORECIDO OU SEJA ( PROFESSORA ). TAH DE PARABÉNS O COLUNISTA MAGNO D"LEON BARROS. COMO DIRIA O SÁBIO RAUL SEIXAS...." AI VC ME PERGUNTA, AONDE QUERO CHEGAR, SE AH TANTOS CAMINHOS NA VIDA, E POUQUISSIMAS ESPERANÇA NO AR..." ABRAÇO!!!

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário