• Lixo, matagal e urubus mudam o cartão postal de Marabá


    Uma das imagens mais bonitas de Marabá é sem dúvida a orla da cidade, mas para continuar bonita é preciso zelar, quando a limpeza não ocorre as conseqüências são visíveis. 

    Atualmente quem passa pela orla Sebastião Miranda se depara com mato, lixo e urubus, uma imagem negativa para uma cidade em desenvolvimento que vive da indústria e do turismo comercial. 

    Preocupados com a situação membros da ONG MEPA (Movimento Educacional de Preservação Ambiental) por meio do vereador Antonio da Ótica, solicitaram da prefeitura local a limpeza desse ponto turístico tão importante para Marabá.


    Além dessa preocupação há outra ainda mais grave, estamos no período de chuvas, se o lixo não for retirado todo ele será levado para o rio. É sempre bom lembrar que todo o esgoto da Marabá Pioneira já é direcionado para o rio Tocantins, inclusive o do Hospital Materno Infantil, receber mais todo esse lixo seria  "estrangular" esse recurso natural tão importante para a região e para o mundo.
    Reprodução Autorizada: ONG MEPA  
  • Outras postagens que podem ser do seu interesse

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Deixe seu comentário